Covid-19 – Mortalidade cai no país e mesmo assim números são preocupantes

ANÚNCIO

Nos últimos dias, o Brasil vem apresentando queda na média móvel que indica as vítimas fatais da Covid-19. O fato tem embasamento nos dados divulgados pelo consórcio de veículos de imprensa.  Em sete dias a média de óbitos se manteve estável e abaixo da faixa dos 500. Atualmente o país se aproxima do número estarrecedor de 156 mil mortos pela doença. 

Apesar do baixo índice, no Brasil ainda se morrem mais pessoas que em todos os países que formam o bloco da União Europeia (aproximadamente 447 milhões). Outros estudos revelam que o Brasil ocupa o terceiro lugar no número de mortes por 100 mil habitantes.

ANÚNCIO
Covid-19 - Mortalidade cai no país e mesmo assim números são preocupantes
Fonte: (Reprodução/Internet)

Brasil vive momento de queda em mortes por Covid-19

O Brasil vivenciou momentos bem díspares desde o início da pandemia do novo coronavírus. Por sua grande extensão territorial, as regiões enfrentam momentos diferentes de pico de disseminação.

Entretanto, entre os meses de junho e agosto, o país apontava como média móvel 1000 óbitos diários entre as federações. Nas duas últimas semanas de outubro a média vem apresentando queda entre 488 e 493 mortos, número abaixo dos 500, menor índice anunciado desde março e maio. 

Índices entre as regiões brasileiras

Não obstante a queda geral de óbitos, alguns estados do país ainda apresentam médias móveis preocupantes. Na região Norte, Roraima e Amazonas registraram aumento no número de vítimas fatais. No Amazonas a média cresceu de 8 para 15 mortes diárias.

ANÚNCIO

No Rio Grande do Norte o aumento foi ainda mais relevante de 3 para 17 mortes por dia em apenas 14 dias. Na região Sudeste o número vem caindo significativamente, enquanto Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Piauí, Sergipe, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina e Maranhão mantém estabilidade.

Número ainda é preocupante para os brasileiros

Por seu um país populoso, na faixa dos 212 milhoẽs de habitantes, de fato a queda no número de mortes por Covid-19 pode ser significativa, contudo, o mesmo permanece com média de mortes por 100 mil habitantes maior que em toda a União Europeia, que enfrenta hoje sua segunda onda de surto da pandemia.

Covid-19 - Mortalidade cai no país e mesmo assim números são preocupantes
Fonte: (Reprodução/Internet)

Os países que compõem o bloco somam uma população de 447 milhões de pessoas, cuja maioria é idosa. Na quinzena de outubro, o Brasil marcou 10,7 mil mortes contra 9,1 mil mortes no mesmo período em todo o bloco europeu.

O número de vítimas gerais também se mostrava superior para o país sul-americano nesse ínterim 153 mil mortes contra 151 mil. Atualmente os países europeus têm acelerado suas medidas restritivas. O Brasil mesmo que com quedas, também aponta regiões propícias para um segunda onda. A pandemia aparentemente não está perto do fim.