Três xícaras de café por dia pode diminuir risco de Hipertensão – Entenda

Uma pesquisa da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP com a participação de 8.780 pessoas mostrou que consumo moderado de café pode reduzir em 20% risco de hipertensão. Os estudos realizados recentemente acerca do assunto indicaram que o efeito é benéfico de forma moderada, isto é, o consumo de até três xícaras por dia. 

As substâncias do café, como polifenóis, compostos bioativos atuam no combate à hipertensão. Para fazer essa associação do café com a doença, foi utilizado um método estatístico conhecido como regressão de Poisson, que permitiu calcular o risco relativo e o respectivo intervalo de confiança. 

Durante a pesquisa de quatro anos, foi efetivada a coleta de sangue para análises bioquímicas e também a pressão arterial dos participantes. Sendo que aqueles que apresentavam histórico prévio de doença cardiovascular e o não consumo do líquido, foram excluídos do trabalho.  

Três xícaras de café por dia pode diminuir risco de Hipertensão - Entenda
Fonte: (Reprodução/Internet) 

Hipertensão é presente em todas as fases da vida

O estudo da FSP elaborou um questionário para os participantes, adquirindo informações pessoais dos envolvidos, como idade, sexo, dados sociodemográficos, cor da pele, renda familiar per capita, nível educacional, como também a prática de atividade física, o hábito de fumar, ingestão de bebida alcoólica, histórico médico-familiar, uso de medicação e alimentação. 

Essas informações são necessárias para obter um resultado exato de como a doença se desenvolve na rotina dos envolvidos. A hipertensão acomete pessoas de todas as idades, independente da classe social e condições financeiras. 

Ela é popularmente conhecida como ‘pressão alta’, relacionada a força que o sangue faz contra as paredes das artérias para conseguir circular por todo o corpo traz como consequência a dilatação do coração e danificação das artérias. Devido ao estreitamento delas que interfere no bombardeamento do coração, cujo este deve impulsionar o sangue e recebê-lo de volta.

Tratamento para hipertensão é hierarquizado

O objetivo principal do tratamento para os que tem a doença, é não deixar ela ultrapassar o valor de ‘12 por 8’, sendo que de início, é recomendado mudanças de hábitos na vida do paciente. É necessário que ocorra uma aderência a prática de atividades físicas e a não exposição frequente aos raios solares.

Como é uma patologia relacionada ao aumento do peso corporal, é indicado a perda de 10% do peso corpóreo, já que influencia a redução dos níveis de pressão. Apesar das medidas iniciais não terem efeito na pressão do paciente, a etapa seguinte é a adesão à medicação

Os remédios para a hipertensão são vasodilatadores e agem de diversas maneiras, por exemplo, de forma diurética, ou seja, na eliminação da urina o paciente perde uma quantidade de sal, ajudando a reduzir a vasodilatação dos vasos.