Escultura de deus grego com mais de mil anos é encontrada nas ruas de Atenas

ANÚNCIO

Um antigo busto do deus grego, Hermes, foi encontrado por trabalhadores que faziam manutenção na rede de esgotos no centro de Atenas. Segundo o Ministério da Cultura da Grécia, a peça foi encontrada a quase 1 metro de profundidade. 

A peça serviu como um dos marcadores de ruas na Atenas antiga. O artefato que foi achado em bom estado de conservação, foi imediatamente enviado à um armazém do Eforato das Antiguidades, departamento que protege objetos antigos da história.

ANÚNCIO

A escultura trazia a figura de Hermes, que na mitologia grega é um dos deuses olímpicos, filho de Zeus e de Maia e possuidor de vários atributos. Era considerado pelo povo da pré-Grécia antiga, um dos deuses da fertilidade, dos rebanhos, da magia e da divinação.

Escultura de deus grego com mais de mil anos é encontrada nas ruas de Atenas
Fonte: (Reprodução/Internet)

Figura de Hermes era utilizada como sinalização rodoviária 

Segundo os especialistas que pegaram a peça para análise, o busto do deus grego parece ser cerca de 300 a.C. ou do final de 4 a.C.. As autoridades explicam que a imagem de Hermes foi construída ainda quando o deus estava em uma idade madura, contrastando suas representações de quando era jovem. 

Provavelmente, o busto faz parte de uma coluna hermética que foi construída em cruzamentos e ruas servindo como sinalização rodoviária. Após ser utilizada como sinalizador, a cabeça da estatua foi colocada na parede de um duto de drenagem. 

ANÚNCIO

Não é a primeira vez que artefatos importantes são achados por acaso. Na Polônia, um colhedor de cogumelos estava indo ao trabalho de bicicleta quando caiu e se deparou com moedas antigas.  

Máscara do deus Dionísio é achada na Turquia  

Já na Turquia, uma equipe de pesquisadores da Universidade Mugla Sitki Koçman, achou uma máscara que foi confeccionada com terracota e datada e mais de 2,4 mil anos. O objeto foi encontrado durante uma escavação em Anatólio, na Turquia. A imagem da máscara representa Dionísio, deus grego que é responsável pela fertilidade e pelo vinho. 

O estudo estava sendo feito na acrópole de Dacylium, próxima as margens do lago Manyas, onde a máscara foi achada. O local é associado a diversos eventos antigos com presenças dos gregos, por isso, o achado é totalmente ligado a mitologia da cultura. Kaan Iren, líder da escavação, diz que a descoberta é a mais importante do ano. 

O pesquisador da máscara sugere que o objeto era destinado a práticas ao espiritualismo e aos hábitos gregos na Turquia. A representação de Dionísio também pode ter sido feita em um evento, pois o deus era responsável pelas festas e carnavais na Grécia. A escavação na região ainda está sendo feita com o intuito de achar outras peças.