Cinema mais antigo do mundo pode fechar por causa da pandemia

ANÚNCIO

A cidade de Washington, no Estado de Iowa, registrou poucos casos de morte pelo novo coronavírus. Situada em zona rural e com população de 7 mil pessoas, a região contabiliza apenas 11 mortes.

Entretanto, Washington ainda sofreu os impactos econômicos, por ser parte do país com o maior número de casos e mortes pelo novo vírus, os Estados Unidos. O cinema State Theatre é um dos atingidos pela atual crise.

ANÚNCIO

Aberto desde 1897, o cinema é considerado pelo livro Guinness dos Recordes, oficialmente, o cinema mais antigo do mundo e que ainda se encontra em atividade. Em todo, a indústria cinematográfica é vítima da pandemia.

Cinema mais antigo do mundo pode fechar por causa da pandemia
Fonte: (Reprodução/Internet)

Cinema mundial é atingido pela Covid-19

Assim como o cinema State Theatre, a rede Cineworld que funciona em todo o mundo, anunciou, em outubro, que irá fechar temporariamente as suas salas nos Estados Unidos e no Reino Unido. 

A decisão foi tomada após o “007: Sem Tempo para Morrer” teve a estreia adiada. Logo o State Theatre sentiu os impactos. Russell Vannorsdel, vice-presidente da empresa dona do cinema, a Fridley Theaters, concedeu entrevista à BBC.

ANÚNCIO

“Conseguimos operar até o fim de 2020, mas não sabemos o que vamos fazer, se Hollywood não está produzindo novos filmes e ainda não há uma decisão do governo americano quanto a um pacote de alívio”, diz o empresário.

A consultoria Omdia apontou que as bilheterias mundiais apresentaram uma queda, em suas receitas, de quase 70% em 2020. A PricewaterhouseCoopers levantou que Hollywood deve ter baixa de ao menos 75% em seu faturamento.

Salas já sobreviveram à Crise de 29 e à um incêndio

Vannorsdel, que tem 30 anos de experiência na gestão de cinemas, afirma que a pandemia deve ser a fase mais difícil que o State Theatre está passando. O cinema de 123 anos de existência já sobreviveu à Grande Depressão de 1929.

A casa ainda resistiu ao surgimento dos streamings, ao aluguel de filmes nas locadoras e à outra crise econômica que ocorreu em 2008. O local também já se recuperou de um incêndio, que gerou um fechamento temporário em 2010.

O desafio atual coloca em prova o funcionamento do cinema. A receita do State Theatre apresentou queda de 70%, mesmo depois da reabertura dos cinemas de Iowa,  no mês de maio. No período de fechamento, o State Theatre vendeu pipoca e conseguiu o apoio da população, como conferiu Vannorsdel.

Como alternativas, o cinema está transmitindo eventos esportivos e filmes antigos, já que os lançamentos não estão acontecendo. No geral, a crise trouxe dificuldades para todos os setores. Na contramão do mundo, a China contudo, vem crescendo mesmo com a retração mundial.