Confira algumas das maiores mentiras sobre vida íntima de Michael Jackson

ANÚNCIO

O rei do pop, Michael Jackson, iniciou sua vida na indústria da música ainda muito novo. Ao lado de seus irmãos, Michael foi lançado no grupo Jackson 5 e se tornou um grande sucesso em meados dos anos 70 e iniciou sua carreira solo nos anos 80.

Com tamanha pressão em Michael após se tornar um dos principais nomes da música, mentiras, boatos e escândalos começaram a surgir com o nome do cantor. 

ANÚNCIO

Além disso, boatos sobre intimidade do mesmo continuam sendo consideradas como fatos verídicos. Muitos desses escândalos, prejudicaram diretamente a vida pessoal do cantor que aproveitou poucos momentos da vida no anonimato.

Confira algumas das maiores mentiras sobre vida íntima de Michael Jackson
Fonte: (Reprodução/Internet)

Mentiras sobre a vida sexual e amorosa de Michael Jackson

Michael foi alvo das primeiras denúncias de pedofilia em meados dos anos 90, as queixas começaram a partir de sua própria irmã, La Troya Jackson, que em seguida desmentiu os fatos alegando ter tido um desentendimento com o irmão.

Grande parte das denúncias realizadas contra Michael não foram para frente. O cantor, apesar de ter sido preso, acabou sendo inocentado das denúncias que foram desmentidas pelos seus acusadores. 

ANÚNCIO

A sexualidade de Michael Jackson acabou se tornando um motivo de rumores, incluindo a possibilidade do mesmo não manter relações sexuais com mulheres e ter uma vida sexual quase inexistente.

Estes rumores foram desmentidos por algumas das namoradas que o cantor teve, e também pelo nascimento de seus filhos. 

Informações falsas sobre a aparência do cantor

O fato de Michael aparecer cada vez “mais claro” intrigava seus fãs que se incomodavam com a ideia do cantor estar realizando procedimentos ou utilizando maquiagem para que pudesse “se tornar branco”.

Apesar de ter terminado a vida realmente branco, este não era um desejo do mesmo. Michael, alguns de seus irmãos e seus filhos, possuem vitiligo, doença responsável por caracterizar a perda do pigmento da pele

Por este motivo, Michael utilizava maquiagem e tampava algumas partes de seu corpo para esconder o avanço da doença que atingiu todo o seu corpo. Outra mentira relacionada à aparência do artista era sobre o seu cabelo e seu nariz.

O cabelo de Michael, que anteriormente era cacheado, acabou sendo danificado durante a gravação de um clipe para a Pepsi, onde seu nariz foi quebrado e precisou de cirurgia plástica após um acidente em um ensaio.