Entenda como surgiu o Dia das Bruxas

ANÚNCIO

O Dia das Bruxas é um feriado mundial conhecido por sua popularidade nos Estados Unidos, onde o evento foi nomeado de Halloween. Ainda outros países celebram a data com a inspiração das tradições estadunidenses de se fantasiar e procurar casas com doces.

Mesmo com uma tradição consolidada nos EUA, a origem do dia pertence ao Reino Unido. O nome do feriado advém de “All Hallows’ Eve”, que trata da definição antiga de “santo” e a terminação de “véspera”.

ANÚNCIO

Até o século 16, o Dia das Bruxas vinha antes do Dia de Todos os Santos, que era tradicionalmente celebrado em 1 de novembro. Para além da origem da nomenclatura, existe um início para o Halloween como hoje é conhecido.

Entenda como surgiu o Dia das Bruxas
Fonte: (Reprodução/Internet)

Feriado celebrava as almas mortas

Historiadores acreditam que o Halloween era comemorado desde o século 18, no festival irlandês celta de Samhain nome que significa “fim do verão”. Tal evento tinha a duração de três dias, a partir de 31 e outubro. Os intelectuais acreditam que a celebração cultuava o “Rei dos mortos”.

Outros estudiosos acreditam que a festa comumente tinha fogueiras, e que a comemoração era da época depois da colheita, quando os alimentos eram abundantes. Em outras regiões o feriado era aproveitado de outras maneiras. No País De Gales, por exemplo, era celebrado o “Calan Gaef”.

ANÚNCIO

As duas festividades diferentes apresentam algumas relações. No século 8, o papa Gregório 3º alterou a data do Dia de Todos os Santos de 13 de Maio, para 1 de novembro, data que por muitos anos Samhain foi celebrado. O próprio Gregório 3º ou seu sucessor tentou destruir o cunho pagão do feriado, tornando a celebração obrigatória, mas falhou na tentativa.

Halloween moderno advém de tradições agrícolas e pagãs

O Dia das Bruxas como hoje conhecemos teve os seus primeiros registros entre 1500 e 1800. Desde Samhain, as fogueiras se tornaram tradição no Halloween moderno, isto porque na época o joio era queimado, como representação do fim da colheita.

Outra tradição construída foi o ato de prever o futuro. Comumente, a data da morte de um cidadão, e o seu marido ou mulher era descrito por algum espiritualista. O poema Halloween, de 1786 escrito pelo escocês Robert Burns, demonstrava como um jovem podia descobrir o seu amor verdadeiro.

A comida foi outra característica do Halloween consolidada no Samhain. As crianças iam em casas cantando rimas ou orando para as almas dos mortos, e em troca recebiam bolos que representavam almas que foram libertadas do purgatório.

Em 1845, o período irlandês da “Grande Fome” fez com que milhões de pessoas migrassem aos Estados Unidos. Com isso, a cultura desse povo foi levada ao país, que mais tarde foi assumida pelo país e então espalhada ao mundo.